UNHA DE GATO C18

UNHA DE GATO C18

Outras Especificações:

Nome Popular: Hera Unha de Gato.

 

Características: Talvez seja a mais famosa da categoria de trepadeiras utilizadas para cobertura de muros. Pode resultar no fechamento total da superfície do muro. Os especialistas não recomendam o seu uso em paredes, apenas em muros, pois ela retém muita umidade. É originária da China e Japão.

 

Porte: É importante lembrar que o Fícus Pumila é uma trepadeira lenhosa e que, quando não podada, vira um arbusto de caules grossos, uma verdadeira árvore, que chega a atingir até 10 metros de altura! Portanto, mantenha-a sempre podada.

Ciclo de vida: Perene.

 

Necessidades básicas:

Iluminação: Necessita de sol pleno ou meia-sombra com algumas horas de sol por dia para se desenvolver bem, caso contrário, você terá um muro com falhas, com pouca folhagem e de cor amarelada.

Rega: A rega deve ser moderada. Mantenha a terra úmida, mas não encharcada, principalmente quando jovem.

Substrato: A hera unha-de-gato não é exigente quanto ao solo, adapta-se perfeitamente em qualquer tipo de solo, desde que seja plantada em locais de clima ameno e que receba sol pleno algumas horas do dia. Além disso, por ser uma planta rústica, suas garrinhas “pegam” muito bem em muros chapiscados, ou seja, não é necessário rebocar uma fachada, por exemplo.

Adubação: Não é exigente, porém você pode usar composto orgânico e se necessário utilize um adubo a base de ferro duas vezes por ano. Fertilizar na Primavera / Verão.

 

Cuidados:

Poda: Para que ela se apresente sempre bonita, é necessário podar a cada trinta dias nos meses mais quentes e a cada 45 dias no inverno. Não é necessário contratar mão-de-obra especializada para realizar a tarefa de poda, com uma simples tesoura manual de poda você pode realizar o serviço, ou se preferir existem equipamentos adequados como as podadeiras à bateria ou elétrica.

 

Método de propagação ou replante: Reproduz-se por meio de estacas das pontas dos ramos. O espaçamento ideal para o plantio é de 50 cm entre as plantas, bem rente ao muro. Com um espaçamento maior, o tempo para “fechar” o muro vai ser mais longo, porém as podas serão em menos vezes. Já se a preferência for por cobrir o muro em um tempo mais rápido, pode-se diminuir o espaçamento das mudas, mas a consequência será podas mais constantes.